Facebook Forum Insider Instagram Forum Insider

A modelo trans que conquistou a Vogue

Em tempos recentes é comum se discutir sobre representatividade. Mesmo para quem não seja tão antenado a noticias e jornais, é possível entender que o mundo está progredindo no quesito de representatividade, principalmente na comunidade LGBTQ+. Tanto na moda quanto no entretenimento em geral, é necessário que essa representatividade cresça para também crescermos como sociedade. Em todos os seus anos de existência, somente agora que a Vogue está trazendo a tona o talento de pessoas trans. E com muito orgulho, uma pessoa brasileira.

Valentina Sampaio nasceu no interior do Ceará, mais especificamente em Aquiraz, uma cidade de pescadores com pouco mais de 80 mil habitantes. Quando se descobriu trans ainda criança, Valentina começou a se apaixonar por arte e o mundo da moda. Aos 18 anos, já sonhava em ser modelo, mesmo que a sociedade em geral não a ajudasse. Mesmo assim, ela conseguiu ser a primeira modelo trans a estrelar uma capa da Vogue Paris e da Vogue Brasil.

Além de estampar a histórica revista, a top model também fez história ao ser a primeira modelo trans que participou do casting de lingerie da Victoria Secret´s e também se tornou embaixadora da L’oreal. Em 2020, ela também estreou como a primeira modelo trans da Sports Illustrated, na edição swinsuit. Com isso, ela mostrou que, embora ainda falte um longo caminho, a comunidade LGBTQ+ está, aos poucos, conseguindo espaço. 

 

 

Em entrevista à Capricho, ela diz que faz o que faz para lutar por ela e por outras pessoas e comenta que tenta quebrar a barreira da marginalidade que a sociedade construiu com a comunidade trans. Ela pondera a respeito de que o Brasil ainda é um país com muitos problemas em aceitar a comunidade LGBTQ+ e, principalmente, a comunidade trans. Nisso, Valentina leva nos olhos a luta por direitos iguais avante, e que aparentemente, não irá desistir facilmente dessa batalha.

                

comentários

comentários




VOCÊ PODE GOSTAR DE...